Hoje

Aulas, aulas e mais aulas...

Posts recentes
« No Brasil como na África: o estado da neurociência por lá - e por cá | Main | O que nos torna humanos? Palestra no Sackler Symposium (NAS 2012 - em inglês) »
Monday
Jun172013

Profissionalização do cientista: o que é, e o que NÃO é

Venho recebendo muitos convites para dar palestras em universidades sobre a proposta de profissionalização do cientista. O assunto é extremamente importante para mim, mas infelizmente não tenho como atender a todos esses pedidos. De qualquer forma, disse tudo o que eu queria dizer a respeito na palestra/discussão organizada na UFRJ em maio de 2013, que foi registrada em vídeo graciosamente pela produtora Videociência, que disponibilizou o vídeo no youtube.

Peço a todos os que me convidaram a dar outras palestras sobre o assunto, e aos que quiserem me convidar, que repassem por gentileza o link para o vídeo (ou para este post) aos seus alunos, jovens cientistas ainda "estudantes", e quem mais tiver interesse. Obrigada!

EmailEmail Article to Friend

References (8)

References allow you to track sources for this article, as well as articles that were written in response to this article.
  • Response
    Response: the best indexer
    Wonderful Web-site, Maintain the very good job. Many thanks!
  • Response
    Football is genuinely a single of the biggest sports in America. It has a key following.
  • Response
    Superb Website, Maintain the good job. Thanks a ton.
  • Response
  • Response
    вконтакте
  • Response
    exterminação de cupins é uma profissionalização complicada pois baratas e ratos é uma tarefa difícil a ser feita sozinho, porém se você entra em contato com uma dedetizadora fica mais fácil. Encontrei esta dedetizadora de curitiba e parece interessante os serviços por ela prestados. Então se alguém precisar de uma dedetizadora ...
  • Response
    Estudos científicos mostram que portadores de TDAH têm alterações na região frontal e as suas conexões com o resto do cérebro. A região frontal orbital é uma das mais desenvolvidas no ser humano em comparação com outras espécies animais e é responsável pela inibição do comportamento (isto é, controlar ou inibir ...
  • Response
    Response: hotstar tamil

Reader Comments (4)

Suzana,
incrível a sua palestra. Você realmente soube entender com perfeição todas as angústias e insatisfações que cercam o ramo da ciência. Estou me graduando agora como bacharel em Letras, fui bolsista do CNPq por 3 anos e meio e, no dia da minha defesa de monografia, recebi recomendações para ingressar no mestrado. No entanto, o que sempre me angustiou muito é que nunca quis ter que ser professora para mexer com pesquisa. Irei ingressar neste segundo semestre em uma especialização em Revisão de Textos por achar nesse ramo uma forma de trabalhar como profissional na minha área, sem me forçar a futuramente assumir a docência para dar continuidade ao que amo fazer, que é ser cientista e pesquisadora. Ainda planejo fazer meu mestrado e doutorado, apesar de a atual situação não ser a ideal para ingresso na pós-graduação e, exatamente por isso, deixei para daqui alguns anos a realização desse plano, pois agora, trabalhando como revisora, com carteira assinada e tudo bonitinho, não pretendo passar de trabalhadora e voltar a ser bolsista por mais 6 anos (com sorte, se conseguir bolsa, né?). Espero, de coração, que a sua iniciativa reverbere e com absoluta certeza farei parte do time de apoiadores.

Muito obrigada, mais uma vez, pela sua iniciativa!

August 8, 2013 | Unregistered CommenterAmayi Soares

Olá, você precisa de uma assessoria jurídica sobre a contratação de profissionais para as suas pesquisas. O que você disse não é verdade (de que não pode haver contratação por entes públicos). De resto a palestra é boa por mostrar a realidade de quem está no front.

Parabéns e apoio a causa.

August 10, 2013 | Unregistered CommenterRamon

A ideia é interessante. A regulamentação, se ocorrer, decorrerá de muitos debates (necessários), qual será a definição legal do que é um cientista ? Como avaliar um cientista em um estágio probatório ? (Inabilitado por falta de idéias inovadoras ?). Se um professor universitário recebe em inicio de carreira na esfera pública entre 9-10 mil Reais, para, em tese, acumular atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão, Quanto receberá um cientista 2 ou 3 mil Reais ?

Acredito em algo mais amplo, acredito que seria necessário regulamentar a Pesquisa em termos amplos no Brasil. Instituir Boas Práticas de Pesquisa e uma dose necessária de fiscalização da ética na pesquisa, nela incluindo a questão do vínculo do pesquisador, além, claro, de critérios claros na concessão de recursos.

August 26, 2013 | Unregistered CommenterNayrton Flávio

Estou preocupada com um coisa: como fica a situação de quem já faz doutorado atualmente, quando a regulamentação acontecer? Se não será mais permitido o "aluno bolsista" como fica a remuneração?

June 26, 2014 | Unregistered CommenterLunara

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>