Hoje

Aulas, aulas e mais aulas...

Posts recentes
« O mais citado é nosso! | Main | Cerebrando: mágica! »
Monday
Dec092013

TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?

Minha palestra no TEDGlobal deste ano está disponível, com e sem legendas!

Acho curioso como os comentários mais populares, no site do TED, são de apenas dois tipos: (1) "Mas se é a cozinha que nos tornou humanos, com tantos neurônios, como foi que um ancestral com menos neurônios conseguiu inventar a cozinha?" e (2) "Sei não. Conheço pessoas que só comem comidas cruas. Isso não prova que você está errada e o cozimento não é necessário para conseguirmos calorias suficientes?". 

Minha resposta à pergunta número 1: controlar o fogo para cozer alimentos é semelhante a usar ferramentas. Antes de inventar o cozimento, mais de 2 milhões de anos atrás, nossos ancestrais, com um tamanho encefálico (e portanto supostamente número de neurônios) semelhante ao de grandes primatas atuais, já sabiam usar ferramentas (como grandes primatas atuais também sabem). Mais importante do que isso, contudo, nossos ancestrais a essa altura já sabiam não só usar pedras naturais como ferramentas, como já tinham sacado como transformar pedras em ferramentas mais eficazes. Ou seja: já existia uma cultura de manipulação de objetos naturais como ferramentas. Os grandes primatas e seus ancestrais, talvez por razões aleatórias, não chegaram a esse ponto. Portanto, minha resposta é: "o número de neurônios dos nossos ancestrais provavelmente já era suficiente para eles conseguirem usar e manipular ferramentas, como grandes primatas atuais, mas à diferença destes, nossos ancestrais já tinham uma cultura de uso de ferramentas. Daí a manipular o fogo deve ter sido um pulo pequeno o suficiente para ser possível".

Quanto a 2: sim, é possível sobreviver com uma dieta exclusivamente crua hoje em dia - mas somente porque nossos antepassados, com calorias asseguradas pela cozinha (ou algum outro truque, como comer medulas ósseas e cérebros), criaram agricultura, pecuária, sistemas de distribuição e armazenamento de alimentos, supermercados e geladeiras. Imagine comer apenas alimentos crus *E* que você teve que caçar, ou catar, ou mesmo colher. Duvido que sobrasse tempo suficiente. Aliás, este é o experimento apropriado para testar nossa dependência da cozinha para conseguir calorias suficientes: voltar à savana e comer apenas comida crua *naquele ambiente*. Quero só ver... Aliás, a quem interessar possa: obter calorias suficientes com uma dieta crua é tão difícil que esta é *A* dieta para perder peso de eficácia assegurada pela ciência ;oP

Original sem legendas:

Legendado em português:

 

 

EmailEmail Article to Friend

References (18)

References allow you to track sources for this article, as well as articles that were written in response to this article.
  • Response
    Response: Goji Vita
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: Absolute Garcinia
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: best hosting vps
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: universal tv stand
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: Ultrasize Review
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: my email
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    Response: enquiry
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - TEDGlobal 2014: o que o cérebro humano tem de especial?
  • Response
  • Response

Reader Comments (9)

você é meu ídol

December 9, 2013 | Unregistered CommenterDanilo

Será que poderíamos fazer a pergunta ao contrário. Se nosso cérebro evoluiu porque nossos antepassados cozinharam a comida, se adotarmos apenas a dieta crudívora poderíamos involuir?

December 9, 2013 | Unregistered CommenterPaulo Camargo

Suzana, concordo com sua teoria do cozimento de alimentos e a evolução cerebral de nossos antepassados, mas gostaria de saber o que voce pensa sobre as mudanças de hábitos alimentares: a adição de carnes de várias fontes com mais conteúdo calórico e diversidade nutricional como os ácidos graxos essenciais. Penso que aliando o cozimento com alimentos variados eles conseguiram suprir nutricionalmente o cérebro. Sempre propago a ideia que quando os hominídios passaram a comer carne a inteligencia melhorou porque eles passaram mais tempos na ociosidade em virtude do alto valor calórico destes alimentos e com isso, desenvolveram habilidades para preparo de ferramentas e estratégias de caça. Grato!

December 9, 2013 | Unregistered CommenterNelson de Mello

Apesar de um pouco corrida, pois não foi fácil encaixar, em pouco minutos, a evolução do cérebro com a dieta do alimento cozido, o excelente inglês e a desenvoltura da palestrante, tornaram a apresentação clara, objetiva e muito agradável! Em função disso é difícil entender alguns comentários tão "fora da curva!"

December 9, 2013 | Unregistered CommenterJosé Roberto Bastos

Sou sua fã. :D

Assisti à sua palestra e foi tão clara, tão bem explicada, que tudo me pareceu fazer bastante sentido.

December 10, 2013 | Unregistered CommenterSybylla

Eu gostei de quando você tirou, do nada, um frasco com a ‘sopa de cérebro’ e eu fiquei me perguntando “Hein? De onde saiu isso? o.O”. Por um momento achei que você fosse um desenho animado, até que foi mostrada uma imagem de trás do palco que revelou seu segredo...

December 12, 2013 | Unregistered CommenterDanillo Nunes

Its fairly easy for primates living in non-seasonal tropics to get plenty of calories with very few hours spent eating. Since these are the safest and most abundant niches of the forest, it is reasonable to suggest that humans evolved there. Tony Wright has compiled a lot of data on this scenario which seems to suggest this is so.

December 17, 2013 | Unregistered CommenterTrevor Smith

Me apareceu uma dúvida...se alguém puder esclarece-la, ficaria grato.
De acordo com o vídeo o que nos tornou humanos foi a habilidade de cozinhar os alimentos, isso eu entendi perfeitamente.
Porém, a questão que surge é: Se pegarmos um outro primata genérico que não seja o humano e passarmos a alimentarmos somente com alimento cozido ao longo das gerações subsequentes desse primata, será que a seleção natural o faria ter uma habilidade cognitiva maior ?

January 26, 2014 | Unregistered CommenterTadeu Cosme

One yet another nice story ...
But there is a question :
What made some few of the ancient primates able to discover fire and cooking and then keep them up ?
Was it merely a matter of chance ?
Or was it some ALREADY existing intelligence in them, an intelligence which PREDATED and FACILITATED the discovery of fire and cooking ?

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>