Hoje

Aulas, aulas e mais aulas...

Posts recentes
« O que nos torna humanos: poder se entupir de panetone, real e metaforicamente | Main | Alucinações hipnagógicas com Interpol »
Friday
Jan012010

Quebra-cabeças com trilha sonora: ah, se eu tivesse virado musicista...

Ah, nada como começar o ano confortavelmente em casa, no seco, no conforto, no meu próprio travesseiro e com a minha família. Uma das primeiras atividades do ano novo foi abrir o quebra-cabeças que as crianças ganharam de natal e começar a separar as peças (que, notei quase com surpresa, eram coloridas! Um choque, depois de passar uma semana debruçada sobre o quebra-cabeças em preto-e-branco que ganhei do meu marido, uma foto de Ansel Adams do Yosemite. Tããão mais fácil quando as peças são coloridas!).

E nada melhor para acompanhar a montagem de um quebra-cabeças do que... música. O do Ansel Adams eu montei ouvindo minha nova descoberta, graças à facilidade (perigosa!) de comprar discos pelo iTunes: Bitter:Sweet, uma versão estupidamente melhorada do Supreme Beings of Leisure. Lindo, melodioso, dançante. Recomendo fortemente, para quem já gosta destes - e para quem não conhece, também.

Mas o quebra-cabeças do dia, 1000 peças de cachorrinhos variados montadas a seis mãos, começou acompanhado de música clássica, para dar continuidade, se possível sem ninguém notar, à educação musical de meus filhos: primeiro a Abertura 1812 (selecionada por influência, talvez, do estrondo dos fogos de artifício do ano-novo?), depois o Capricho Italiano, ambos de Tchaikovsky. Comento com eles que a Abertura, que Tchaikovsky supostamente detestava (mas eu acho linda), foi encomendada para comemorar a vitória russa sobre as tropas de Napoleão (que envolveu um incidente peculiar com botões das fardas francesas partidos devido ao frio siberiano - a Zahar publicou um livro ótimo a respeito). Tem fanfarra, tem trechos da Marseillese, tem até... canhão!

É, canhão em música clássica - o que já deixou o Calvin encafifado, numa tirinha ótima do Waterson (onde é que a gente assina um abaixo-assinado pro homem voltar a desenhar?). Conto a eles que já assisti a uma apresentação da Abertura 1812 ao vivo. Olhos esbugalhados: "Ééé?? E tinha os canhões?" Quase: tinha mega-morteiros estourando nas horas certas atrás do palco, ao ar livre no festival Blossom, em Cleveland. Sensacional.

Meu sistema de recompensa fica animadíssimo e começa a me fazer reger os canhões, e minha filha me acompanha, tentendo adivinhar quando eles entrarão em cena. Se eu tivesse virado musicista, tocar a 1812 e o Capricho Italiano no meio de uma orquestra estariam provavelmente entre meus maiores prazeres (meu marido lembra, contudo, que eu estaria a esta hora tendo que lidar com egos inflados de músicos e regentes, e provavelmente já a caminho da surdez. É, pode ser...).

O Cartoon Network eventualmente ganhou de Tchaikovsky - mas foi um bom dia: chegamos até a Marcha Eslava, outro clássico barulhento (adoro clássicos barulhentos) (é, acho que se eu tocasse em uma orquestra, e pudesse tocar o que gosto, de fato já estaria ficando surda a essa altura). Mudei-me, então, para o computador, e fui caçar vídeos de música (resolução de ano-novo: manter meus i-coisas atualizados e fazer a festa com iTunes e YouTube). Seguem abaixo as pérolas encontradas hoje, já devidamente aprovadas pela família toda:

- Na categoria Música-Clássica-Diferente-Para-Conquistar-Crianças: O Vôo do Besouro, de Rimsky-Korsakov, tocado por... 8 pianos!

 

- Na categoria Música-Clássica-Diferente-Para-Conquistar-Crianças, mas na versão original: o mesmo Vôo do Besouro, mas por um pianista só. Este, por sua vez, peculiar: Maksim Mrvica, com mais pinta de roqueiro do que de pianista:

- E mais Vôo do Besouro peculiar, agora em baixo de 7 cordas:

- O que me levou (santas recomendações do YouTube!) a esta pérola, num baixo de 11 cordas (!), que conquistou meu filho:

- E, para terminar as recomendações musicais do dia, seguem um brasileiro e uma uruguaia (quero discos deles!) tocando Tico-Tico no Fubá a quatro mãos no MESMO violão:

 

O que todos esses vídeos têm em comum? Notem só o prazer que essas pessoas têm estampado na cara. Gosto de música, mas gosto ainda mais de música tocada com prazer, com diversão, tão bem-tocada que o cérebro tem até neurônio sobrando para estampar um sorriso no rosto de quem toca. Até me satisfaço tocando A Catedral Submersa com toda força, e a-d-o-r-a-r-i-a tocar o Vôo do Besouro com a rapidez e destreza do Maksim - mas, como meus dotes ao piano não me permitem, estimulo meu sistema de recompensa através do dele...

EmailEmail Article to Friend

References (10)

References allow you to track sources for this article, as well as articles that were written in response to this article.
  • Response
    Football is definitely a single of the most significant sports in America. It has a main following.
  • Response
    Response: indexing programs
    Amazing Web site, Carry on the good job. Thank you.
  • Response
    Response: Jay Cutler Jersey
    Football is genuinely one particular of the most significant sports in America. It has a significant following.
  • Response
    Hot Best Cartier Must 21 watches Tips for You When Buying Cartier Jewelry Online In th cheap Cartier Bracelets e early many years of the twentieth century, as the royal courts of Europe were basking inside the final glow of the fad Fake Cartier Tortue watches ing brilliance along with ...
  • Response
    Cartier have praiseworthy r Luxurious Cartier Love Bracelet ank with the exotic and Personal appeal. Wha Top Grade Cartier Love Bracelet t forms of questions is going to be about the typical early American explorers' test. Another (unknown name) ship accompanied the Grande Hermione. Cartier sunglasses m Cartier Heart Silver Plated ...
  • Response
    Response: semantic indexing
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - Quebra-cabeças com trilha sonora: ah, se eu tivesse virado musicista...
  • Response
    Response: 2014cartier.com
    Indian Sari People have always found wearing costumes fascinati juicy couture outlet UK ng. This juicy couture outlet must be why quite a number of people love to hold costume parties all year round. The Indian sari is among the costumes that many find very romantic and mysterious ...
  • Response
    Response: nizovede.jimdo.Com
    A neurocientista de plantão - A neurocientista de plantão - Quebra-cabeças com trilha sonora: ah, se eu tivesse virado musicista...
  • Response
    What Is Pandora Jewelry Pandora Jewelry is a global jewelry brand http://www.hotjuicycouture.co.uk/ fo juicy couture outlet unded in Denmark. Although the company is most commonly recognized for its customizable charm bracelets,http://www.hotjuicycouture.co.uk/, it also offers complementary jewelry li http://2014cartier.com/ n
  • Response
    Programa que ajuda você a fazer o dinheiro trabalha a seu favor, saúde financeira é muito importante para evitar o estresse financeiro.

Reader Comments (8)

sempre penso que quando tiver meus filhos farei esse tipo de educação musical: sem que eles percebam. uma pena meu pai e minha mãe não terem pensado nisso. eu certamente seria muito melhor com música hoje e sem muito esforço.

January 3, 2010 | Unregistered CommenterCarol

Essa tira do Calvin é ótima mesmo, dizia algo tipo:

Calvin: Que música é essa?
Haroldo: É a Abertura 1812
Calvin: Gosto disso. Parte percussiva interessante.
Haroldo: São canhões.
Calvin: E tocam isso em shows lotados? Nossa, e eu que pensei que música clássica fosse chata!

http://woetter.multiply.com/reviews/item/53?&item_id=53&view:replies=reverse

January 5, 2010 | Unregistered CommenterCanhões de Navarone

Bonjour

Devido ao consumo pesado de álcool,tratamento,ressonância magnética
do cérebro,lesões: Sindrome de Korsakoff.
A música com imagens(diaporamas) ou na tela de cinema me ajuda
muito minha a reorganização neurofuncional.Exemplificando o filme
Anticristo entendi melhor que minha namorada que é psicóloga devido
a música.
Accolades
João Bosco

January 7, 2010 | Unregistered CommenterJoão Bosco da Silva

Olá Suzana. Legal descobrir sua página na internet. Sou professor de Filosofia no ens. fundamental e muitas vezes converso com meus alunos sobre cérebro, mente e neurociência.
E se vc gosta mesmo de, digamos assim, "massa musical", fica minha sugestão:
ouça algumas das sinfonias do Gustav Mahler. No meu entender, o melhor compositor dos clássicos. A oitava sinfonia dele é surpreendente em se tratando do número de músicos a serem reunidos para executá-la. Mahler não chega a ser divertido, pelo contrário: é profundo, denso, melancólico, transcendente.
Mas enfim, adoro música. Numa dessas, enviarei algo para vc se vc quiser, claro.
Abraços

January 14, 2010 | Unregistered CommenterAlexandre

Olá! Te achei sem querer, procurando por "fachada laboratório homeopatia"... (?!?) O link foi a foto de uma libélula entre os resultados, que me trouxe a seu site, que por causa da capa do disco da Deutsche Grammophon me fez ler teu texto, onde descobri que uma banda que adoro tinha virado outra (descobrir BitterSweet foi demais, além de que descobri que o SBofL tinha lançado um terceiro disco)... As aulas de anatomia num post sobre uma banalidade (nose pod) me fizeram vir aqui e agradecer! Você é impressionantemente boa com as palavras, em linhas de raciocínio riquíssimas!! Vou voltar! Até outra hora, donaSuzana!

January 15, 2010 | Unregistered Commenterleandro nogueira

Por que quando vimos alguem bocejar em nossa fernte bocejamos tambem ?

March 4, 2010 | Unregistered CommenterMarcella

Por que quando alguem boceja em nossa frente bocejamos tambem ?

March 4, 2010 | Unregistered CommenterMarcella

Devido ao consumo pesado de álcool,tratamento,ressonância magnética xlpharmacy reviews impressionantemente boa com as palavras, em linhas de raciocínio riquíssimas!! Vou voltar! Até outra hora, donaSuzana!

October 18, 2011 | Unregistered Commenterdakuro

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>